(11) 3938-3133 | WhatsApp (11) 99002-9873 CONTATO@ESCOLAGRAPHITE.COM.BR
FERRAMENTAS

Entre tantos outros programas de modelagem, o SketchUp continua crescendo e se tornou pré-requisito para muitas vagas de trabalho em escritórios de arquitetura. Entenda o porque.


 
Um dos softwares de modelagem 3D mais utilizado no mundo é o SketchUp. Com mais de 30 milhões de usuários, ele lidera entre tantos outros programas de desenvolvimento e criação de modelos arquitetônicos.

Mas afinal, o que faz do SketchUp uma ferramenta tão poderosa e popular?

1. Simplicidade e liberdade
É um software intuitivo e tão fácil de aprender que temos quase a sensação de estar desenhando à mão. Um “Sketch” feito com a mesma liberdade e fluidez dos projetos feitos no papel. Além disso, existe grande conteúdo sobre o programa distribuído em comunidades e fóruns com milhões de usuários na internet.

2. Valor da licença
Sua licença profissional, chamada de Versão PRO, que lhe permite fazer desenhos técnicos, cortes de terrenos, visualizações profissionais, trabalhar com sólidos e exportar para programas CAD, está custando por volta de U$590 dólares. Custo baixo perto de outras opções da área. Já a sua versão gratuita, é chamada de MAKE e traz o essencial do programa que é a modelagem. Veja aqui a diferença entre as duas versões para te ajudar na escolha.
3. Aplicação no mercado de trabalho
Cada dia que passa conhecemos um novo software de projeto, mas a praticidade de concepção e execução do SketchUp tornou-o preferido entre os escritórios de arquitetura e profissionais autônomos da área. O SketchUp já é pré-requisito na maior parte das vagas na arquitetura, juntamente com o AutoCAD.
4. Vasta biblioteca de modelos e plugins
3D Warehouse e Extension Warehouse são as bibliotecas repositoras e colaborativas de modelos e plugins do SketchUp. O 3D Warehouse conta com mais de 2.2 milhões de modelos 3Ds prontos para download. Os arquivos variam em qualidade, tamanho e nível de detalhamento. Vale a disposição na procura do que melhor atende as suas necessidades.
5. Compatibilidade
O modelo desenvolvido no SketchUp “conversa bem” com diversos programas de representação gráfica, modelagem e renderização. Você poderá exportar seu arquivo e utilizá-lo em outras plataformas com facilidade.
6. Aplicação diversa
O SketchUp é mais difundido nas áreas de Arquitetura e Design de Interiores, porém hoje sua aplicação se estende para o design de produtos, design de peças, engenharia, criação de jogos, animações, publicidade e até em perícias médicas e policiais. Trabalhar numa base que tem uma ampla área de atuação e que se integra facilmente com outros programas faz com que você ganhe tempo e flexibilidade.
7. Migrando para o BIM
A partir da versão 2014 o SketchUp deu um passo para o mundo BIM (Building Information Modelling), ajustando suas bibliotecas e algumas funcionalidades que permitem exportar listas, classificar modelos e ajustar componentes. O objetivo com essas atualizações é mostrar que o BIM pode ser mais simples, flexível e acessível para os estudantes e profissionais.
Gosta do SketchUp? Compartilhe sua experiência!
Escreva seu feedback nos comentários abaixo!