(11) 3938-3133 | WhatsApp (11) 99002-9873 CONTATO@ESCOLAGRAPHITE.COM.BR
DICAS

Pretende tirar o máximo proveito dos estudos sem perder a diversão e a vida social durante a faculdade? Essas 9 dicas vão te ajudar a alcançar esse equilíbrio.


 
Estudou durante anos. Educação infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, cursinho (ou não). Prestou o vestibular e finalmente entrou no Ensino Superior, na tão sonhada Faculdade de Arquitetura. Parabéns! Sua jornada começa agora e com ela todo tipo de surpresa, das boas às ruins, das fáceis às difíceis.

Essas 9 dicas vão te preparar para encarar as novidades que te aguardam nos 5 anos na faculdade de arquitetura e fazer com que o seu caminho lá dentro seja mais leve, feliz e produtivo.

1. Faça novas amizades
Chegou na sala e não conhece ninguém? Ótimo. Com certeza outras pessoas estão na mesma situação que você. Não fique tímido e apresente-se.

2. Não falte a primeira semana
Pular o início das aulas para aproveitar as novidades do mundo acadêmico é sempre muito tentador para todo calouro. Porém é na primeira semana de aula que tudo acontece. Apresentação dos professores, das disciplinas, locais das aulas e calendário de entregas de trabalhos e provas. É também uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais sobre seus mestres e o conteúdo que eles vão lecionar. Se você não quiser ficar perdido durante o semestre ou ano letivo, não falte.
3. Pergunte mais
É comum entrar numa nova sala de aula e se sentir intimidado, tímido ou inseguro. Com frequência isso atrapalha o aprendizado. Enfrente isso perguntando mais. Seja durante a aula ou explicação de um trabalho para entregar. Não leve dúvida para casa. Procure a hora mais oportuna e pergunte. Seu futuro agradece.
4. Supere o medo
De tempos em tempos, principalmente próximo as entregas e provas, você poderá se deparar com períodos difíceis, pesados e nebulosos. Vai sentir medo de falhar, de reprovar na disciplina, de se decepcionar com seu trabalho. Não deixe esse momento te paralisar. Pare, respire e siga em frente. A recompensa do seu crescimento pessoal e profissional lá na frente será muito maior.
5. Aprenda a trabalhar em grupo
Diferente do que muitos pensam, o cotidiano do arquiteto não é solitário em frente a uma prancheta ou a um computador. O arquiteto cria, participa, gerencia, lidera e trabalha em grupo. Nada melhor do que aprender desde o início da faculdade. Certo? Se faça disponível para trabalhar e respeite as idéias dos seus colegas. Todos estão em busca do mesmo objetivo, aprender com o processo e entregar o trabalho mais satisfatório possível.
6. Planeje-se
Com frequência os estudantes de arquitetura ficam sobrecarregados com o volume de trabalhos a serem desenvolvidos. Planeje-se. Compre uma agenda, caderno ou procure um app de agenda para celular que te agrade (existem ótimos apps gratuitos). Marque as datas das entregas e fique atento a elas. Vale o esforço.
7. Parcele o trabalho
Que cada um tem um processo de trabalho, isso é fato. Porém o resultado final é sempre o mesmo. Noites e mais noites em claro. Resolva isso parcelando o trabalho até a data da entrega. Dessa forma, além de ter tempo para dormir, também conseguirá entender melhor seu processo criativo, desenvolver, achar e consertar as falhas no seu trabalho no decorrer do desenvolvimento  e encontrar prazer mais no processo do que no objeto final de entrega.
8. Café e energético, seus melhores amigos
Mesmo planejando, pode ser que algo saia dos trilhos e você precise virar uma noite. Normal. Café e energético serão seus companheiros nessa empreitada.
9. Tenha vida social
A rotina arquitetônica é puxada, principalmente no início (adaptação) e é preciso espairecer de vez em quando para não sobrecarregar. Se você planejar, conseguirá fazer tudo. Isso engloba os estudos e trabalhos, assim como as festas, encontros de estudantes de arquitetura (EREAs, ENEAs, ELEAs), jogos de arquitetura (Interfaus e outros Inters), viagens, palestras, feiras, exposições, passeios, etc. Busque o equilíbrio.
 Junte todas as dicas, aplique-as e verá que sua trajetória pode ser mais leve, produtiva e feliz.
Esqueci alguma dica que você considera essencial? Gostaria muito de ouvi-las!
Escreva seu feedback nos comentários abaixo!